27 Aug
27Aug

Com o crescimento populacional, adensamento das cidades e aumento do preço dos imóveis, arquitetos e urbanistas têm buscado alternativas de novas configurações espaciais para a ocupação e habitação nos centros urbanos. A profusão de moradias e espaços de trabalho compartilhados é um dos exemplos de como o campo da arquitetura está se adaptando às novas formas de viver em sociedade.  



Além dos chamados coworkings e colivings, os edifícios de uso misto, espaços flexíveis e instalações temporárias também estão relacionados, cada um à sua maneira, à ideia de compartilhamento dos espaços. Em uma intervenção nos pilotis do MAR (Museu de Arte do Rio), por exemplo, o Estúdio Chão propõe um questionamento intimamente relacionado à convivência junto ao outro: “E se a gente não aceitasse a ideia de que, para convivermos, seria preciso nos prendermos atrás de muros e evitarmos o perigo que acreditamos morar lá fora, a assustadora ameaça do outro?”.

A seguir, apresentamos 13 projetos ao redor do mundo, entre edifícios de uso misto, instalações temporárias, coworkings e colivings, que promovem, de diferentes formas, o uso compartilhado dos espaços. 


Edifícios de uso misto

Edifício Concordia Design Wrocław / MVRDV


"Concordia Design é um edifício de uso misto que contém espaços de coworking, um lugar para eventos, uma praça de alimentação, uma cafeteria e um terraço na cobertura da ilha Słodowa em Wrocław, Polônia. O projeto é uma renovação e extensão de um edifício patrimonial do século XIX, conservando a fachada do edifício existente e agregando uma extensão contemporânea para criar um ponto focal para o parque vizinho e um destino que melhorará a experiência da ilha para os visitantes." 


Sesc 24 de Maio / Paulo Mendes da Rocha + MMBB Arquitetos

"A nova unidade do SESC – conjunto complexo de instalações de recreação e serviços – que ocupará o edifício sede da antiga Mesbla, localizado na esquina da Rua 24 de Maio com a Rua Dom José de Barros, centro de São Paulo, é um problema exemplar de transformação no patrimônio urbano construído." 


WERK12 / MVRDV + N-V-O Architekten

"Formando o núcleo do distrito Werksviertel-Mitte, um plano de regeneração urbana em um antigo local industrial, o empreendimento de 7.700 metros quadrados de uso misto localizado perto da Estação Leste de Munique se destaca com sua fachada artística ousada e expressiva, com expressões verbais de cinco metros de altura encontradas em quadrinhos alemães." 


Clínica e Centro Comunitário Punggol / Serie Architects + Multiply Architects

"O Oasis Terrace é uma nova geração de centros comunitários desenvolvidos pelo Conselho de Habitação e Desenvolvimento de Singapura para atender seus bairros residenciais públicos. É composto por instalações comuns, comércios e uma policlínica do governo. Os jardins desempenham mais do que apenas um papel estético na comunidade, sendo também um projeto de horticultura coletivo. Reunindo os moradores para plantar, manter e desfrutá-los, os jardins ajudam a nutrir os laços comunitários." 


Instalações temporárias

Instalação Sava / Openact Architecture + Sara Palomar Studio

"Por ser tratar de um rio de planície e portanto, naturalmente inundável durante as épocas mais chuvosas do ano, é proibido construir nestas áreas de amortecimento. Desta maneira, a proposta da instalação Sava assume um caráter temporário, uma intervenção concebida para ativar as margens do rio através de programas efêmeros, transformando estas áreas em espaços públicos habitáveis." 


Intervenção TransBorda / Estúdio Chão

"Convidados pelo MAR (Museu de Arte do Rio) a criar uma arena para a programação pública de rodas, debates e performances durante o período da exposição “Quem não luta tá morto! Arte, Democracia e Utopia”, nós nos propusemos a provocar os próprios limites do museu com o espaço público. Imaginamos um conjunto de arquibancadas e plataformas que transformasse o ato de ocupar os pilotis do MAR num gesto de atravessamento de muros e ativação do espaço público." 


Urban Bloom / AIM Architecture + URBAN MATTERS

"O Urban Bloom é um experimento no espaço urbano que tem como precedente as necessidades de projeto e infraestrutura. A única necessidade aqui era por liberdade. O projeto renova e revigora um espaço, que originalmente era um estacionamento, transformando-o em um jardim urbano construído por meios artificiais. É um projeto voltado para uma cidade que enfatiza as pessoas."  


Coworking

Co-working utopic_US Conde de Casal / Izaskun Chinchilla Architects

"Segundo estudos, o fenômeno co-work está intrinsecamente associado ao mundo urbano atual. A densidade, a mistura de pessoas e oportunidades que produz uma grande urbe, favorece o aparecimento de lugares cuja razão de ser é compartilhar a criatividade. Por isso, nos pareceu natural que nossos espaços homenageassem e se inspirassem em grandes cidades."  


Sinergia Cowork Palermo / Emilio Magnone + Marcos Guiponi

"Sinergia Cowork começou como um projeto de desenvolvimento imobiliário, com 32 escritórios e 4 salas de reuniões para aluguel. Uma operação dentro de um espaço reciclado que anteriormente funcionava como carpintaria, oficina mecânica, estúdio de cinema e armazém. Os escritórios funcionam como um coworking: um conceito recente nos espaços de escritórios contemporâneos, onde o usuário se insere em um ambiente colaborativo heterogêneo que melhora seu trabalho e habilidades sociais." 


Espaço Coworking / APPAREIL

"A remodelação deste típico armazém oferece um simples espaço aberto de trabalho destinado a um grupo de profissionais independentes do mundo da arquitetura e das disciplinas próximas. Os espaços foram desenhados para fomentar o desenvolvimento do trabalho de forma transparente, compartilhando ideias e estimulando as colaborações potenciais."  


Coliving

The Student Hotel Campus Marina Barcelona / Masquespacio

"A cadeia hoteleira holandesa The Student Hotel, um híbrido único que combina o co-living e o co-working, acaba de abrir seus dois primeiros Campus exclusivamente para estudantes nos distritos de Marina e Poble Sec em Barcelona, Espanha. A propriedade conta com piscinas, salas de jogos, lounge interior e exterior, além de uma sala silenciosa para estudar que estimula a conectividade e o co-working, enquanto facilita um espaço amplo para a aprendizagem e o desenvolvimento."  


Casa Três Gerações / BETA office for architecture and the city

"Contemplando o cuidado entre as gerações, uma família composta por dois diferentes núcleos familiares decide construir uma casa juntos. Enquanto o casal mais jovem já vive na cidade, os avós vivem no campo e estão ansiosos para voltar à proximidade das amenidades urbanas." 


Edifício Residencial Treehouse / Bo-DAA

"O Treehouse é um complexo de co-habitação com 72 unidades no coração de Kangnam, o centro de startups de Seul. Composto por micro-estúdios e micro-lofts, é projetado para profissionais solteiros e seus companheiros animais. O Treehouse é centrado por um jardim interno, repleto de áreas de trabalho colaborativas, áreas de descanso relaxantes, cozinha comunitária, lavanderia e espaços para animais de estimação." 


Link para a postagem: https://www.archdaily.com.br/br/946445/viver-em-comunidade-13-projetos-que-promovem-o-uso-compartilhado-dos-espacos?utm_medium=email&utm_source=ArchDaily%20Brasil&kth=420,970 


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.